Cerca de 100 jovens recebem certificados de dispensa militar e prestam juramento à Bandeira em Palmas

A última solenidade do ano de juramento à Bandeira Nacional foi realizada pelo secretário da 332º da Junta de Serviço Militar, Wiskleima Lima de Negreiros. Após a solenidade os jovens retiraram o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), nos guichês da Junta de Serviço Militar do Resolve Palmas.

Lázaro Rodrigues Santos, 37 anos, estava feliz ao receber a 2ª via do Certificado de Dispensa de Incorporação. Após passar oito meses num centro de reabilitação de dependentes químicos, o jovem que acaba de concluir o curso de escolta armada, pretende conseguir uma vaga no mercado de trabalho. “Estava precisando da 2ª via do meu certificado para tentar um emprego, pois se existe perdão, existe uma segunda chance”, disse acrescentando que também já conseguiu a habilitação na categoria D, necessária para a função pleiteada.

De acordo com o secretário da 332° Junta de Serviço Militar, sediada no prédio da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Wiskleima Lima de Negreiros, neste ano, 3.517 jovens realizaram o acompanhar alistamento militar no Serviço Militar, ficando assim aptos para serem incorporados às Forças Armadas ou receberem o documento que é o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI).

Ainda de acordo com Negreiros, os jovens dispensados pelo Serviço Militar que não comparecerem para a retirada do documento tem o prazo de até 90 dias para fazer a retirada dos certificados de dispensa. “E os jovens que estiverem com o alistamento atrasado devem comparecer à junta, pagar uma multa para participar da seleção no ano seguinte”, concluiu.

O jovem Guilherme Lins da Penha, 26 anos, chegou cedo para retirar a 2ª via do seu CDI. Com viagem marcada para Espanha, o jovem precisa do documento para emitir o seu passaporte. “Estou indo para Espanha em julho reencontrar a minha mãe e procurar um emprego, por isso preciso do documento”, disse

Já o lavrador José Ribamar Queiroz conseguiu um emprego de caseiro recentemente em uma fazenda próxima à Capital. Para assinar a sua carteira de trabalho o empregador exigiu dele a 2ª via do CDI. “Eu já estou trabalhando graças a Deus, mas faltou esse documento por isso estou aqui”, relatou.

Após prestar o juramento à Bandeira Nacional, o estagiário de Designer, Kenory Ribeiro, que trabalha com redes sociais na Prefeitura de Palmas, disse que o sentimento é de dever cumprido. “É um compromisso vir aqui e prestar conta ao País”, ressaltou.

Solenidade em Taquaralto

A solenidade de juramento à Bandeira Nacional com a entrega dos CDIs acontecerá na quinta-feira, 12, também às 08 horas, no Resolve Palmas de Taquaralto.

Os jovens que vão completar 18 anos em 2020 devem fazer o alistamento militar a partir de 02 de janeiro até 30 de junho, nas duas unidades do Resolve Palmas.